André Girotto revela em seu novo livro os princípios de uma liderança disruptiva; veja!

 


Consolidar uma empresa adquirindo clientes, aumentando seu faturamento e ao mesmo tempo, dando conta da satisfação dos colaboradores e demais parceiros certamente não é tarefa fácil. Na expectativa de auxiliar empreendedores e profissionais, o empresário e palestrante paulista André Girotto, considerado o maior treinador de líderes da atualidade, compartilha o conhecimento que acumula desde 2002 em seu quarto livro, intitulado “Framework da Liderança 10x: A Nova Era da Liderança”. Na obra, o profissional compartilha alguns dos segredos que impulsionam a motivação humana em método prático, objetivo e 100% aplicável.


A arrecadação do livro será 100% convertida em apoio ao PAC – Projeto Amigos da Comunidade, em São Paulo. Atualmente, a casa ajuda mais de 7 mil pessoas. “Minha pretensão é poder, por meio desta obra, gerar 10.000 pratos de comida ao ano”, diz André, que é Fundador e CEO da Netprofit, centro de programas de alta performance que conta com 27 unidades. Em sua jornada, já ajudou mais de 50 mil líderes a florescerem e prosperarem, tendo em sua cartela de clientes grandes empresas como Viacom, Vale, Unilever, Sicoob, Tigre, Philco, Melissa, Colgate, Algar e Carrefour. 


Para este novo livro o autor, que é natural de Campinas, interior paulista, passou a registrar parte dos resultados de seus clientes e imaginou como esses dados poderiam ajudar empresas em busca de orientações criativas para os desafios constantes da gestão moderna, especialmente sobre o que diz respeito aos recursos humanos. ‘‘Já testei diversas formas, métodos e aplicações desses conceitos, me baseando nos resultados e experiências práticas acumuladas em mais de vinte mil horas de aplicação de treinamentos, coaching e mentorias para líderes em quase mil empresas diferentes, dentro e fora do Brasil, colhendo dados, compilando informações, obtendo insights valiosos, feedbacks surpreendentes e registrando resultados extraordinários – os quais compartilho pela primeira vez”, detalha.


No cerne de “Liderança 10x” está a exigência do mercado por líderes mais dinâmicos. Profissionais que não apenas observem como as engrenagens da empresa e dos parceiros operam, mas que assumam seu protagonismo em coordenar equipes e buscar soluções viáveis.


Este, na verdade, foi o “pitch” do projeto. Através dos formulários da Netprofit, André percebeu que havia uma tremenda inércia dos inscritos em seus treinamentos. Sendo que muitos deles estavam presentes quando matriculados por suas companhias, e não por iniciativa própria. Ao investigar, descobriu que essa “apatia” se dava por esses líderes já se considerarem bem qualificados o suficiente para o exercício que ocupava dentro de sua organização. Um erro que compromete empresas, setores e equipes, uma vez que o líder que pensa assim subestima o mercado, os clientes (e suas necessidades), além da concorrência. Na obra, o autor reforça que não existe alta performance de verdade, se não houver inteligência e adaptação, ou seja, mudanças, como consta na página 19: “As coisas estão mudando rápido, e se você não mudar na mesma velocidade, os riscos para sua empresa podem ser bem maiores que o conforto de continuar fazendo tudo da mesma maneira.”


Por uma liderança disruptiva


É certo que a maioria dos líderes carregam consigo a consciência de que precisam alinhar objetivos com seus times, incentivar as individualidades e criatividade de seus colaboradores, acompanhar e avaliar métricas, além de observar o desenvolvimento do mercado para encontrarem oportunidades e obterem resultados satisfatórios. Mas se sabem, por que não executam? É por isso que André preza pela aplicabilidade de seu método através dos capítulos, para que o leitor não se atenha apenas às páginas, mas vivencie uma liderança disruptiva. Além dos exercícios, ferramentas esmiuçadas, dados e pesquisas oferecidos, o autor cede acesso a uma plataforma digital gamificada – com recompensas de moedas virtuais que podem ser resgatadas na própria plataforma, que ainda conta com vídeo-aulas.


Entre as referências utilizadas para tecer o método estão o renomado autor americano Daniel H. Pink e Jim Collins, que são comumente citados em algumas passagens do livro através de suas experiências com psicologia humana. Os brasileiros Eugênio Mussak e Carlos Alberto Julho também inspiraram o empresário.


Os “10 X” do título se referem a comportamentos descritos por palavras-chave escolhidas pelo autor. “eXperimentar, eXpandir, eXecutar, eXcepcional, eXemplar, eXpedicionário, eXcelência, eXtraordinário, eXplorador e eXponencial.” Ao longo do livro, escrito de maneira direta e algumas vezes até coloquial, o leitor pode assimilar como seu negócio absorve tais valores, enquanto constrói ambientes participativos de verdade. Onde as pessoas estão no centro de todos os processos – gerando resultados para o gestor, para a empresa e quem sabe, para o mundo. Uma liderança 10X coordena tais elementos. Ela é capaz de unificar propósitos, melhorar o fluxo de trabalho entre setores e estabelecer uma cultura de comunicação, colaboração e criatividade.


André se graduou em Ed. Física e logo aos 18 anos, fundou a Sport Moving, que em questão de pouco tempo se tornou uma rede de seis academias. Durante esse processo, tomou gosto pela gestão e começou a se capacitar para treinar outros empresários e líderes através da global Dale Carnegie Training. Isso aos 24 anos – quando se tornou o mais jovem certificado como “trainer” da instituição. Aos 27, deu início a Netprofit e tem realizado treinamentos, programas e palestras em todo Brasil.


Através dos desafios experimentados na Netprofit, lidando com líderes e empresários inspiradores, André oferece sob este “Framework”, uma bússola para guiar gestores e suas equipes diante os desafios de um mundo profissional que está cada dia mais volátil, para que possam encarar cada novo desafio como uma oportunidade. Para atuar dez vezes mais, melhor, mais rápido e por incrível que pareça, com menos recursos.


Com outros três livros publicados (“High Performance”, “Menos Rambo, Mais Sniper” e “A Arte de Ser Efetivo”), André vislumbra agora um projeto onde serão incluídas as histórias, insights e experiências de seus clientes, explanando a presença de sua metodologia no sucesso deles. Batizado “Líderes 10x: Na Prática”, o objetivo é que o livro esteja disponível ainda em 2024. 


Leia um trecho de “Framework da Liderança 10x: A Nova Era da Liderança”


“A jornada que estamos prestes a empreender tem sua base na mentalidade e no comportamento do que denominamos de “líder expedicionário”. Esse líder intrépido se destaca por possuir uma mentalidade aventureira e corajosa, sempre pronto para explorar territórios desconhecidos e enfrentar desafios com determinação. Em um contexto empresarial, ele adota uma abordagem mais aberta, que se estende para os lados, em vez de se aprofundar de maneira convencional.” (Pág. 165)

Redação

Postagem Anterior Próxima Postagem