Sérgio Barroso, que já tocou com nomes como Tom Jobim, Elis e Sarah Vaughan, se apresenta com o quarteto de Jazz do Sobrado da Cidade neste sábado (25).

 Sérgio Barroso, que já tocou com nomes como Tom Jobim, Elis e Sarah Vaughan, se apresenta com o quarteto de Jazz do Sobrado da Cidade neste sábado (25).





O músico Sérgio Barroso, que já tocou com nomes como Tom Jobim, Elis Regina, Sarah Vaughan e Michel Legrand, se apresenta neste sábado (25), ao lado do quarteto de Jazz do Sobrado da Cidade, trazendo o que há de melhor na história da música para o centro cultural da cidade. O show acontece entre 14h e 17h, em um local que mistura história, música e gastronomia.


Participou em discos de vários artistas como Egberto Gismonti, Edu Lobo, Tom Jobim, Paulo Moura, Elis Regina, Gilberto Gil, Caetano Veloso, Toninho Horta, Victor Assis Brasil, Martinho da Vila, Eumir Deodato, Durval Ferreira, Paul Mauriat, Emilio Santiago, Francis Hime, Ithamara Koorax, Max de Castro, Luiz Eça, Nana Caymmi, Dori Caymmi, Wilson Simonal, Michel Legrand e outros. Participou também da gravação do primeiro disco de Sarah Vaughan produzido no Brasil. Trabalhou em shows com Vinicius de Moraes, Maysa, Dori Caymmi, Elis Regina, Wilson Simonal e Elizeth Cardoso.


Já tocou e atualmente toca com vários músicos conhecidos como Osmar Milito, Alberto Chimelli, Mauro Senise, Nivaldo Ornelas, Pascoal Meirelles, Idriss Boudrioua, Ciff Kormann, Marcos Resende, Kiko Continentino, Hélio Delmiro, Raulzinho, Paulinho Trumpete, Paulo Moura, Chico Batera, Haroldo Mauro, Victor Biglione, Marcio Montarroyos, Paulinho Braga, Hamleto Stamato, Lula Galvão, Dario Galante, Leonardo Amuedo, Harvey Wainapel. Tocou em concertos MPB/Jazz com Wagner Tiso e Orquestra Petrobras Sinfônica.



Sobre o Sobrado da Cidade


Um casarão de 1865 – possui uma parede de 23 metros de altura construída por escravizados, usando óleo de baleia e pedras. Os azulejos são de origem holandesa. O local sempre abrigou negócios, foi armazém ( açúcar, aguardente, café, banha, farinha e outros itens de um armazém), hotel, sediou uma companhia marítima, foi residência do Barão Peixoto Serra.


São muitas memórias e elas fazem parte da nossa cultura. Machado de Assis passava pela rua do Rosário. Carmen Miranda morou na região. Princesa Isabel decretou a lei Áurea no paço Imperial. Tem histórias por todos os lados. São 159 anos de memórias. Uma construção como a do Sobrado e de muitos outros prédios da região da praça XV são as raízes da nossa origem.  Precisamos dar valor ao que nos proporciona resgate cultural”, conta Carla Esteves, dona do Sobrado.


O Sobrado da Cidade fica na Rua  do Rosário, 34 - Centro, RJ. Informações e reservas (21) 97978-4353


Assessoria de Imprensa:

Paula Ramagem
Postagem Anterior Próxima Postagem