RAYDI SAMBA SHOW UMA HISTÓRIA DE SUCESSO



A RAYDI SAMBA SHOW que foi criada em 2006 por Raissa Oliveira com sua mãe Lúcia Cristina e seu irmão Diego Oliveira nasceu nos sinais de trânsito vendo a necessidade de mudar a vida de tantos jovens primeiramente foi levada para a porta de casa  pois não tinham ainda espaço para poder colocá-la o projeto veio ganhando força graças a dedicação de seus criadores que conseguiram o espaço adequado para dar continuidade às atividades  com isso a popularidade chegou cada vez mais foi aumentando o número de jovens assim resolveram transformar o projeto em ONG com o nome escolhido de uma junção dos filhos Ray de Rayssa e Di de Diego e cada vez o trabalho foi tomando mais corpo com a ajuda de da família e de amigos onde outras modalidades foram implementada como dança do ventre, jazz, ballet, teatro, jiu-jitsu, stiletto, capoeira, k-pop, pediatria, clínico, exames de vista e informática sendo assim o espaço se transformou num espaço essencial para as crianças tiradas das ruas transformando parte de sua rotina e de sua vidas. Sendo assim a ONG gerou frutos onde alunos se apresentaram em concursos nacionais, festivais de dança e sempre em primeiras colocações.  A dança do ventre conseguiu em primeiro lugar disputar o concurso em Joinville. A ONG funciona graças a ajuda de voluntários que já foram alunos um dia e hoje somam dando aula na instituição e assim virando referências e exemplos. O publico são beneficiados  com doações de cestas básicas para aqueles que necessitam em caráter emergencial, sendo na faixa de 05 a 15 anos , 16 a 22 anos e 23 anos em diante de forma quase paritária : 47% de sexo masculino e 53% do sexo feminino. O projeto de percussão de Diego Oliveira já teve mais de 300 alunos formados e o espaço já vem atuando junto a comunidade há 18 anos com resultados qualitativos e positivos nas ações que se propõe.


Estimular o conhecimento de várias vertentes artísticas e fortalecendo a continuidade de aprendizado proporcionando assim a saúde física , emocional e mental aumentando assim a auto estima dessas crianças e adolescentes que um dia passaram por vulnerabilidade social  e que não possuem  situação financeira estável para viver uma vida digna e assim encontraram na Raydi uma extensão de seu lar. 



--

Neno Ferreira

Diretor da Comissão de Direitos Humanos da Associação Nacional e Internacional de Imprensa - ANI

Presidente da ONG AGANIM DIREITOS HUMANOS

Diretor do Conselho Comunitário de Segurança

Representante do Comitê Técnico Nacional de Saúde LGBT

Colunista do jornal de Hoje "Diversão e Lazer"

Colunista da Revista Barra Legal

Colunista do Jornal nos Bairros

Capelão da Ordem dos Capelães do Brasil


TEL: 21-965298991/26978803

Redação

Postagem Anterior Próxima Postagem